Realizamos laudos, vistoria, certificados, renovação de licença, certificado de acessibilidade.

Laudos e vistoria de combate a incêndio

A Protexfire é uma empresa brasileira que tem como finalidade prevenir acidentes envolvendo incêndio, principalmente em áreas que têm riscos à saúde.

O que fazemos

Emissão de:
ART – Anotação Responsabilidade Técnica (CREA);

Atestados e Certificados de Brigada de Incêndio;

Atestado do Emprego de Materiais de Acabamento e Revestimento – CMAR;

Atestado de Equipamentos contra Incêndio;

Atestado de Gás GLP ou GN;

Atestado de Moto Gerador;

Elaboração de Laudos de Segurança do Trabalho: PPRA NR-9, PCMAT NR-18;

Laudo de Responsabilidade Técnica;

Montagem e Assinatura de Projetos de Combate a Incêndio;

Manutenções de Extintores de Incẽndio:
A manutenção de um extintor tem como objetivo manter as condições originais de operação do item e otimizar o uso, serviços fundamentais para a segurança do dirigente. Sempre que a manutenção e a vistoria periódica estiverem em dia, mais longevidade tem o seu extintor.

É importante lembrar que todo cilindro submetido à pressão está suscetível a uma ruptura na carcaça.

Há três níveis de manutenção. São eles:

1. Manutenção de Extintores Primeiro Nível (NBR 12962): Faz a substituição de componentes, do rótulo (quando necessário) e limpeza. É realizada no local em que o extintor está instalado.

2. Manutenção de Extintores Segundo Nível (NBR 12962): Desmonta completamente o extintor, verifica a necessidade do recipiente ou cilindro ser submetido ao ensaio hidrostático, verifica a carga, limpa todos os componentes e verifica as partes internas e externas quanto à existência de danos ou corrosão. Caso necessário, realiza-se a pintura. É executada em local apropriada para o serviço, devendo ser efetuada a cada 12 meses.

3. Manutenção de Extintores de Terceiro Nível (NBR 13485): Revisão completa, sendo obrigatório o teste hidrostático. A tinta do extintor deve ser removida para o teste e ele será repintado posteriormente, com troca dos selos e rótulo.

Teste Hidrostático


É um teste que consiste em verificar os componentes do extintor para conferir a resistência e vazamentos. Este é feito por meio do enchimento do equipamento com um líquido pressurizado. A avaliação deve ser realizada a cada 5 anos, partindo da data de fabricação do produto ou da última data de manutenção de terceiro nível.

Vale lembrar que a Protexfire também realiza a instalação de extintores, atendendo construtoras, instaladoras e demais profissionais da área.

Assessoria técnica para:


AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) - novos ou renovações;

Acompanhamento de obras referentes a instalação de sistemas de combate à incêndios; Contratos de inspeção e manutenção dos sistemas de combate à incêndios instalados;
Emissão de ARTs (Anotação de Responsabilidade Técnica);

Instalação GLP;

Instalação e manutenção dos sistemas de combate à incêndios;

Laudos de elétrica, SPDA;
Orientação na execução de serviços ou aquisição de materiais de prevenção e combate à incêndios para proteção de edificações e áreas de risco;
Regularização de edificações e áreas de risco junto ao Corpo de Bombeiros.

Renovação do AVCB:


O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros é um documento emitido pelo CBPMESP (Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo). Este certifica as condições de segurança contra incêndio, previstas pela legislação e constantes no processo. A edificação fica ciente que há um período de revalidação. Segundo a Legislação de Segurança Contra Incêndio e Pânico, o AVCB tem validade de 5 anos – exceção das edificações de recepção de público, cujo AVCB possui 3 anos.

Obrigatório em

I – construção e reforma;

II – mudança da ocupação ou uso;

III – ampliação da área construída;

IV – regularização das edificações e áreas de risco;

V – construções provisórias (circos, eventos, etc.).

Não obrigatório em

I – residências exclusivamente unifamiliares;

II – residências exclusivamente unifamiliares localizadas no pavimento superior de ocupação mista, com até dois pavimentos e que possuam acessos independentes.

Contrato de manutenção contra incêndio:
De acordo com o item 10.6 da norma ABNT NBR 17240:2010 – que trata de sistemas de detecção e alarme de incêndio – “a periodicidade para as manutenções preventivas não deve ultrapassar três meses”. A manutenção preventiva é imprescindível para o funcionamento do sistema, ajudando a preservar a durabilidade dos equipamentos instalados e evitando a paralisação do funcionamento do sistema de proteção contra incêndio.

Com as devidas prevenções, os gastos com manutenções corretivas/trocas são reduzidos e as perdas decorrentes de um incêndio podem ser evitadas. Para isso, há três caracterizações para o contrato de manutenção contra incêndio da Protexfire. são eles:

1. Manutenção de Sistema contra Incêndio Preventiva:

Tem como bjetivo principal o teste dos sistemas existentes, verificando sua operacionalidade. Este é feito mensal, trimestral e semestralmente.

2. Manutenção de Sistema contra Incêndio Corretiva:

Tem como finalidade solucionar um eventual problema detectado na manutenção preventiva.

3. Manutenção de Sistema contra Incêndio Emergencial:

Deve ser atendida no tempo determinado em contrato e depende da urgência/ grau de risco de cada cliente.

Projetos de prevenção e combate a incêndios:


Primeiro passo: Aprovação dos projetos de combate a incêndio – faz a adequação das edificações e áreas de risco (perante à legislação vigente). Esta faz a orientação para a instalação antes da solicitação de Vistoria Final pelo Corpo de Bombeiros e a manutenção dos sistemas já existentes.

Fazem parte da prevenção e combate contra incêndio:


Cálculos dos sistemas envolvidos (rede de hidrantes, sprinklers, saídas de emergências etc);

Memoriais construtivos;

Plantas dos locais a serem regularizados (plantas baixas, cortes, fachadas); Laudos e demais documentos pertinentes à aprovação do processo.

A Protexfire oferece:


Confecção de Projetos de combate a incêndio (PPCI) conforme Legislação Estadual vigente (Decreto Estadual 20811/83, 38069/93, 46076/01, 56819/11, e 63.911/18) e Normas Brasileiras (NBR);

Execução de Projetos de Combate a Incêndio (PPCI) - após aprovação dos referidos projetos no Corpo de Bombeiros:

Adequação de edificações e áreas de risco aos projetos de combate a incêndio (PPCI) aprovado pelo Corpo de Bombeiros;

Detecção e alarme;

Extintores;

Rede de Hidrantes;

Rede de Sprinklers;

Sinalização de emergência.

Dimensionamento – Rede Hidrantes:

De acordo com a IT 22/2018, para um projeto de incêndio, o sistema a ser instalado deve corresponder a um memorial, constando cálculos, dimensionamento rede hidrantes e uma perspectiva isométrica da tubulação (sem escala, com cotas e com os hidrantes numerados), conforme prescrito na IT 01/18 (procedimentos administrativos).

A rede de hidrantes de uma indústria ou edifício é o fio condutor do sistema de incêndio. Por meio dos hidrantes, os dirigentes podem combater incêndios não controlados por extintores. Além disso, os bombeiros conseguem bombear a água pelo recalque, amparando o controle das chamas. Essas precauções podem proteger vidas e patrimônios.

O projeto de dimensionamento rede hidrantes e mangotinhos é estabelecido por meio da aplicabilidade do sistema em função da área construída e da ocupação.

A Protexfire também realiza:


Analise de pressões e vazões que satisfaçam a norma NBR 13.714, Legislação e Decretos do Corpo de Bombeiros e Instruções Técnicas;
Dimensionamento de projetos de Sistema de Hidrantes em topologia aberta em conformidade com as Normas Técnicas vigentes;
Dimensionamento e desenho de curvas de Bombas;

Dimensionamento rede hidrantes e cálculo hidráulico para aprovação no corpo de bombeiros;

Dimensionamento Rede de Sprinklers

A rede hidráulica de distribuição é formada por canalizações, as quais alimentam chuveiros automáticos. Isso ocorre a partir da válvula de controle e alarme – que têm diâmetros apropriados -. O resultado é a desfavorável em relação a instalação com a pressão e vazão precisa.

O dimensionamento por cálculo hidráulico é realizado considerando que: apenas os chuveiros automáticos (área restrita da edificação) são necessários e devem ser acionados para iniciar o surgimento de um incêndio. Assim, o projeto se torna mais confiável funcionalmente, mais leve e mais econômico.

Para distribuir corretamente as tubulações, adota-se a que melhor se adaptar às condições arquitetônica, estrutural e hidráulica.

A Protexfire faz ainda:


Apresentação do resultado em planilha padrão ABNT 10897;

Calculo e informação do número de sprinklers;
Calculo da vazão e pressão no sprinkler mais desfavorável;
Cálculo do lado maior da área de aplicação;
Dimensionamento dos trechos por método de cálculo hidráulico.